Kuroshitsuji Portugal
Bem-Vindo ao Forum "Kuroshitsuji Portugal". Caso sejas visitante e queiras,inscreve-te!


Forum Dedicado ao Kuroshitsuji
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Jogo: 3 palavras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
JulieKheel
Moderadora
Moderadora


Feminino Touro Rato
Mensagens : 763
Pontos : 804
Reputação : 9
Data de nascimento : 21/05/1996
Data de inscrição : 04/08/2010
Idade : 21
Localização : World's End

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 2nd 2011, 9:21 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse
experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do
chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e preparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu
para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Deo
Administradora
Administradora
avatar

Feminino Aquário Cavalo
Mensagens : 1204
Pontos : 1311
Reputação : 17
Data de nascimento : 28/01/1991
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 26
Localização : Leria

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 6:49 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse
experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do
chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e preparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu
para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situaçao limpando

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
JulieKheel
Moderadora
Moderadora


Feminino Touro Rato
Mensagens : 763
Pontos : 804
Reputação : 9
Data de nascimento : 21/05/1996
Data de inscrição : 04/08/2010
Idade : 21
Localização : World's End

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 7:01 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse
experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do
chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e preparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu
para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CielPhantomhive
Bard
Bard
avatar

Feminino Áries Cachorro
Mensagens : 102
Pontos : 112
Reputação : 1
Data de nascimento : 20/04/1994
Data de inscrição : 13/04/2011
Idade : 23
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 7:04 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse
experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do
chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e preparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu
para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Deo
Administradora
Administradora
avatar

Feminino Aquário Cavalo
Mensagens : 1204
Pontos : 1311
Reputação : 17
Data de nascimento : 28/01/1991
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 26
Localização : Leria

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 7:07 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse
experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do
chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e preparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu
para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
JulieKheel
Moderadora
Moderadora


Feminino Touro Rato
Mensagens : 763
Pontos : 804
Reputação : 9
Data de nascimento : 21/05/1996
Data de inscrição : 04/08/2010
Idade : 21
Localização : World's End

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 7:10 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Deo
Administradora
Administradora
avatar

Feminino Aquário Cavalo
Mensagens : 1204
Pontos : 1311
Reputação : 17
Data de nascimento : 28/01/1991
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 26
Localização : Leria

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 10:44 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CielPhantomhive
Bard
Bard
avatar

Feminino Áries Cachorro
Mensagens : 102
Pontos : 112
Reputação : 1
Data de nascimento : 20/04/1994
Data de inscrição : 13/04/2011
Idade : 23
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 11:24 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Deo
Administradora
Administradora
avatar

Feminino Aquário Cavalo
Mensagens : 1204
Pontos : 1311
Reputação : 17
Data de nascimento : 28/01/1991
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 26
Localização : Leria

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 22nd 2011, 2:16 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CielPhantomhive
Bard
Bard
avatar

Feminino Áries Cachorro
Mensagens : 102
Pontos : 112
Reputação : 1
Data de nascimento : 20/04/1994
Data de inscrição : 13/04/2011
Idade : 23
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 11th 2011, 3:40 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lamia ♥
Bard
Bard
avatar

Feminino Libra Galo
Mensagens : 115
Pontos : 137
Reputação : 4
Data de nascimento : 20/10/1993
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 23
Localização : Sometimes Neverwhere sometimes Wonderland ^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 11th 2011, 7:33 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois. Chupou um pirulito...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sebastian Michaelis
Finian
Finian
avatar

Feminino Escorpião Galo
Mensagens : 69
Pontos : 71
Reputação : 0
Data de nascimento : 17/11/1993
Data de inscrição : 01/06/2011
Idade : 23
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 14th 2011, 5:05 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois. Chupou um pirulito e sorriu malignamente
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lamia ♥
Bard
Bard
avatar

Feminino Libra Galo
Mensagens : 115
Pontos : 137
Reputação : 4
Data de nascimento : 20/10/1993
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 23
Localização : Sometimes Neverwhere sometimes Wonderland ^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 14th 2011, 9:19 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois. Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Naomi-chan
Bard
Bard
avatar

Feminino Leão Porco
Mensagens : 293
Pontos : 300
Reputação : 3
Data de nascimento : 02/08/1995
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 22
Localização : No país das maravilhas com o chapeleiro louco^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 15th 2011, 2:07 am

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois. Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma maliciosa...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sebastian Michaelis
Finian
Finian
avatar

Feminino Escorpião Galo
Mensagens : 69
Pontos : 71
Reputação : 0
Data de nascimento : 17/11/1993
Data de inscrição : 01/06/2011
Idade : 23
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 16th 2011, 3:09 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer
chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si
mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super
doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas
um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais
que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso
ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha
experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para
o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a
hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha
feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante.
Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e
correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian,
você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com
impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas
muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e
segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar
com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado,
e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma maliciosa e entao saiu
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Higurashi
Tanaka
Tanaka
avatar

Feminino Leão Cachorro
Mensagens : 749
Pontos : 844
Reputação : 13
Data de nascimento : 30/07/1994
Data de inscrição : 12/11/2010
Idade : 23
Localização : Espirito Santo

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 19th 2011, 3:51 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois. Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma maliciosa e entao saiu
andando em direção...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sebastian Michaelis
Finian
Finian
avatar

Feminino Escorpião Galo
Mensagens : 69
Pontos : 71
Reputação : 0
Data de nascimento : 17/11/1993
Data de inscrição : 01/06/2011
Idade : 23
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 20th 2011, 1:24 am

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e ...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Naomi-chan
Bard
Bard
avatar

Feminino Leão Porco
Mensagens : 293
Pontos : 300
Reputação : 3
Data de nascimento : 02/08/1995
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 22
Localização : No país das maravilhas com o chapeleiro louco^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 26th 2011, 3:40 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sebas-chan
Finian
Finian
avatar

Feminino Escorpião Porco
Mensagens : 66
Pontos : 74
Reputação : 2
Data de nascimento : 03/11/1995
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 21
Localização : na ilha dos Demonios, ao lado de Sebastian ;D

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 27th 2011, 9:35 pm


Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Naomi-chan
Bard
Bard
avatar

Feminino Leão Porco
Mensagens : 293
Pontos : 300
Reputação : 3
Data de nascimento : 02/08/1995
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 22
Localização : No país das maravilhas com o chapeleiro louco^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 28th 2011, 5:22 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante de cabelos dourados....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sebas-chan
Finian
Finian
avatar

Feminino Escorpião Porco
Mensagens : 66
Pontos : 74
Reputação : 2
Data de nascimento : 03/11/1995
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 21
Localização : na ilha dos Demonios, ao lado de Sebastian ;D

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 28th 2011, 5:29 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante de cabelos dourados e olhos azuis...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Naomi-chan
Bard
Bard
avatar

Feminino Leão Porco
Mensagens : 293
Pontos : 300
Reputação : 3
Data de nascimento : 02/08/1995
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 22
Localização : No país das maravilhas com o chapeleiro louco^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Julho 1st 2011, 8:24 pm


Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante de cabelos dourados e olhos azuis , encostado na porta....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sebas-chan
Finian
Finian
avatar

Feminino Escorpião Porco
Mensagens : 66
Pontos : 74
Reputação : 2
Data de nascimento : 03/11/1995
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 21
Localização : na ilha dos Demonios, ao lado de Sebastian ;D

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Julho 2nd 2011, 1:38 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante de cabelos dourados e olhos azuis , encostado na porta. Era Alois Trancy...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Higurashi
Tanaka
Tanaka
avatar

Feminino Leão Cachorro
Mensagens : 749
Pontos : 844
Reputação : 13
Data de nascimento : 30/07/1994
Data de inscrição : 12/11/2010
Idade : 23
Localização : Espirito Santo

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Julho 2nd 2011, 4:24 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante de cabelos dourados e olhos azuis , encostado na porta. Era Alois Trancy, ele estava ali..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Naomi-chan
Bard
Bard
avatar

Feminino Leão Porco
Mensagens : 293
Pontos : 300
Reputação : 3
Data de nascimento : 02/08/1995
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 22
Localização : No país das maravilhas com o chapeleiro louco^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Julho 3rd 2011, 7:44 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante de cabelos dourados e olhos azuis , encostado na porta. Era Alois Trancy, ele estava ali, quieto, esperando-o para...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Jogo: 3 palavras
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 6 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Jogo Injustice - Gods Among Us
» Jogo do Facebook muito interessante
» A Regra do Jogo
» CDZ - Games
» Chevrolet Bel Air '57 - MPC

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Kuroshitsuji Portugal :: Assuntos em Phantomhive :: Maluquice na Mansão-
Ir para: