Kuroshitsuji Portugal
Bem-Vindo ao Forum "Kuroshitsuji Portugal". Caso sejas visitante e queiras,inscreve-te!


Forum Dedicado ao Kuroshitsuji
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  

Compartilhe | 
 

 Jogo: 3 palavras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
JulieKheel
Moderadora
Moderadora


Feminino Touro Rato
Mensagens : 763
Pontos : 804
Reputação : 9
Data de nascimento : 21/05/1996
Data de inscrição : 04/08/2010
Idade : 20
Localização : World's End

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 2nd 2011, 9:21 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse
experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do
chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e preparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu
para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Deo
Administradora
Administradora


Feminino Aquário Cavalo
Mensagens : 1204
Pontos : 1311
Reputação : 17
Data de nascimento : 28/01/1991
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 26
Localização : Leria

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 6:49 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse
experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do
chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e preparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu
para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situaçao limpando

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
JulieKheel
Moderadora
Moderadora


Feminino Touro Rato
Mensagens : 763
Pontos : 804
Reputação : 9
Data de nascimento : 21/05/1996
Data de inscrição : 04/08/2010
Idade : 20
Localização : World's End

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 7:01 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse
experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do
chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e preparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu
para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CielPhantomhive
Bard
Bard


Feminino Áries Cachorro
Mensagens : 102
Pontos : 112
Reputação : 1
Data de nascimento : 20/04/1994
Data de inscrição : 13/04/2011
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 7:04 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse
experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do
chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e preparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu
para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Deo
Administradora
Administradora


Feminino Aquário Cavalo
Mensagens : 1204
Pontos : 1311
Reputação : 17
Data de nascimento : 28/01/1991
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 26
Localização : Leria

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 7:07 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse
experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do
chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e preparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu
para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
JulieKheel
Moderadora
Moderadora


Feminino Touro Rato
Mensagens : 763
Pontos : 804
Reputação : 9
Data de nascimento : 21/05/1996
Data de inscrição : 04/08/2010
Idade : 20
Localização : World's End

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 7:10 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Deo
Administradora
Administradora


Feminino Aquário Cavalo
Mensagens : 1204
Pontos : 1311
Reputação : 17
Data de nascimento : 28/01/1991
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 26
Localização : Leria

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 10:44 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CielPhantomhive
Bard
Bard


Feminino Áries Cachorro
Mensagens : 102
Pontos : 112
Reputação : 1
Data de nascimento : 20/04/1994
Data de inscrição : 13/04/2011
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 21st 2011, 11:24 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Deo
Administradora
Administradora


Feminino Aquário Cavalo
Mensagens : 1204
Pontos : 1311
Reputação : 17
Data de nascimento : 28/01/1991
Data de inscrição : 22/06/2010
Idade : 26
Localização : Leria

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Maio 22nd 2011, 2:16 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
CielPhantomhive
Bard
Bard


Feminino Áries Cachorro
Mensagens : 102
Pontos : 112
Reputação : 1
Data de nascimento : 20/04/1994
Data de inscrição : 13/04/2011
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 11th 2011, 3:40 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lamia ♥
Bard
Bard


Feminino Libra Galo
Mensagens : 115
Pontos : 137
Reputação : 4
Data de nascimento : 20/10/1993
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 23
Localização : Sometimes Neverwhere sometimes Wonderland ^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 11th 2011, 7:33 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois. Chupou um pirulito...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sebastian Michaelis
Finian
Finian


Feminino Escorpião Galo
Mensagens : 69
Pontos : 71
Reputação : 0
Data de nascimento : 17/11/1993
Data de inscrição : 01/06/2011
Idade : 23
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 14th 2011, 5:05 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois. Chupou um pirulito e sorriu malignamente
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lamia ♥
Bard
Bard


Feminino Libra Galo
Mensagens : 115
Pontos : 137
Reputação : 4
Data de nascimento : 20/10/1993
Data de inscrição : 18/08/2010
Idade : 23
Localização : Sometimes Neverwhere sometimes Wonderland ^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 14th 2011, 9:19 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois. Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Naomi-chan
Bard
Bard


Feminino Leão Porco
Mensagens : 293
Pontos : 300
Reputação : 3
Data de nascimento : 02/08/1995
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 21
Localização : No país das maravilhas com o chapeleiro louco^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 15th 2011, 2:07 am

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois. Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma maliciosa...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sebastian Michaelis
Finian
Finian


Feminino Escorpião Galo
Mensagens : 69
Pontos : 71
Reputação : 0
Data de nascimento : 17/11/1993
Data de inscrição : 01/06/2011
Idade : 23
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 16th 2011, 3:09 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer
chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si
mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super
doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas
um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais
que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso
ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha
experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para
o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a
hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha
feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante.
Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e
correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian,
você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com
impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas
muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e
segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar
com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado,
e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma maliciosa e entao saiu
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Higurashi
Tanaka
Tanaka


Feminino Leão Cachorro
Mensagens : 749
Pontos : 844
Reputação : 13
Data de nascimento : 30/07/1994
Data de inscrição : 12/11/2010
Idade : 22
Localização : Espirito Santo

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 19th 2011, 3:51 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa, simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente. Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira, então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina. Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois. Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma maliciosa e entao saiu
andando em direção...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sebastian Michaelis
Finian
Finian


Feminino Escorpião Galo
Mensagens : 69
Pontos : 71
Reputação : 0
Data de nascimento : 17/11/1993
Data de inscrição : 01/06/2011
Idade : 23
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 20th 2011, 1:24 am

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e ...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Naomi-chan
Bard
Bard


Feminino Leão Porco
Mensagens : 293
Pontos : 300
Reputação : 3
Data de nascimento : 02/08/1995
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 21
Localização : No país das maravilhas com o chapeleiro louco^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 26th 2011, 3:40 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sebas-chan
Finian
Finian


Feminino Escorpião Porco
Mensagens : 66
Pontos : 74
Reputação : 2
Data de nascimento : 03/11/1995
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 21
Localização : na ilha dos Demonios, ao lado de Sebastian ;D

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 27th 2011, 9:35 pm


Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Naomi-chan
Bard
Bard


Feminino Leão Porco
Mensagens : 293
Pontos : 300
Reputação : 3
Data de nascimento : 02/08/1995
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 21
Localização : No país das maravilhas com o chapeleiro louco^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 28th 2011, 5:22 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante de cabelos dourados....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sebas-chan
Finian
Finian


Feminino Escorpião Porco
Mensagens : 66
Pontos : 74
Reputação : 2
Data de nascimento : 03/11/1995
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 21
Localização : na ilha dos Demonios, ao lado de Sebastian ;D

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Junho 28th 2011, 5:29 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante de cabelos dourados e olhos azuis...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Naomi-chan
Bard
Bard


Feminino Leão Porco
Mensagens : 293
Pontos : 300
Reputação : 3
Data de nascimento : 02/08/1995
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 21
Localização : No país das maravilhas com o chapeleiro louco^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Julho 1st 2011, 8:24 pm


Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante de cabelos dourados e olhos azuis , encostado na porta....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sebas-chan
Finian
Finian


Feminino Escorpião Porco
Mensagens : 66
Pontos : 74
Reputação : 2
Data de nascimento : 03/11/1995
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 21
Localização : na ilha dos Demonios, ao lado de Sebastian ;D

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Julho 2nd 2011, 1:38 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante de cabelos dourados e olhos azuis , encostado na porta. Era Alois Trancy...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Higurashi
Tanaka
Tanaka


Feminino Leão Cachorro
Mensagens : 749
Pontos : 844
Reputação : 13
Data de nascimento : 30/07/1994
Data de inscrição : 12/11/2010
Idade : 22
Localização : Espirito Santo

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Julho 2nd 2011, 4:24 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante de cabelos dourados e olhos azuis , encostado na porta. Era Alois Trancy, ele estava ali..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Naomi-chan
Bard
Bard


Feminino Leão Porco
Mensagens : 293
Pontos : 300
Reputação : 3
Data de nascimento : 02/08/1995
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 21
Localização : No país das maravilhas com o chapeleiro louco^^

MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   Julho 3rd 2011, 7:44 pm

Era uma vez o Ciel Phantomhive, ele gostava
de comer chocolates feitos de alma humana a acabadas de serem capturadas
por si mesmo, porque as de supermercado eram muito sem doce, ele
prefere super doces, como a alma de uma virgem, quanto mais ele comia
mais queria. Mas um dia ele percebeu que desejava outra coisa,
simplesmente algo mais que o fizesse experimentar novas sensações mais
prazerosas. Para isso ele deveria consultar o Sebastian, uma vez que ele
era novo e não tinha experiência nesta vida.
- Sebastian! Anda cá!
Sebastian
olhou para o seu jovem mestre, mas quando ia se dirigir ao seu mestre
reparou que a hora do chá já ia avançada, ENTROU EM PÂNICO , e correu
para a cozinha feliz por saber que vivia num mundo onde ele poderia
feliz e saltitante. Pegou no tabuleiro e reparou o chá das 5 que mais
parecia chá das 6, e correu para o lado do seu amo Ciel que esperava
pela sua comida feliz.
-Sebastian, você demorou! - disse o pequeno
batendo os dedos na sua secretária. Com impaciência e já farto de
esperar por Sebastian. Ciel deu-lhe estaladas muito violentamente.
Sebastian sem saber o que dizer, parou, pensou...e segurou forte os
pulsos do seu Jovem Mestre e impediu-o de continuar com aquela
violência. Ciel olhou para o seu servo, nitidamente irritado, e
falou com sarcasmo:
- Magoei-te, mordomo demónio?
Sebastian
olhou para seu jovem mestre insolente e pensou no que dizer, pois ele
era mau perdedor, e não aceitaria que o rebaixassem daquela maneira,
então jogou-se sobre o jovem e, no meio disso, a porta abriu-se e os
dedos de Lizzy apareceram, esticados e agarraram Ciel.
- Ciel!!!! - gritou a menina por estar escandalizada com o acto do Sebastian.
Sebastian
rapidamente se afastou do pequeno, e desculpou-se com a jovem menina.
Ciel sorriu de maneira arrogante e mandou que Sebastian fosse apanhar
rosas. E chamou Elizabeth para acompanha-lo até a cozinha.

Quando
chegaram lá encontraram uma cozinha destruída, e três empregados
malucos estavam tentando fazer uma omelet rice, mas Bard infelizmente
usou a farinha explosiva altamente instável perante todos os presentes
ali na cozinha, foi quando Sebastian entrou e salvou a situação limpando
tudo num segundo. Ciel Olhou para lizzy que não tinha visto agredir o
sebastian e sorriu gentilmente enquanto pensava o que fazer depois.
Chupou um pirulito e sorriu malignamente lambendo seus lábios de forma
maliciosa e entao saiu andando em direção as escadas e se deparou com algo muito fascinante de cabelos dourados e olhos azuis , encostado na porta. Era Alois Trancy, ele estava ali, quieto, esperando-o para...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Jogo: 3 palavras   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Jogo: 3 palavras
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 6 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Jogo Injustice - Gods Among Us
» Jogo do Facebook muito interessante
» A Regra do Jogo
» CDZ - Games
» Chevrolet Bel Air '57 - MPC

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Kuroshitsuji Portugal :: Assuntos em Phantomhive :: Maluquice na Mansão-
Ir para: